ESPAÇO PARA HOMENAGEM

" A VIDA É COMO UMA VIAGEM DE TREM, ONDE A CADA ESTAÇÃO PARAMOS PARA EMBARCAR OU DESEMBARCAR PESSOAS, O MAIS IMPORTANTE SÃO AS EXPERIÊNCIAS QUE ADQUIRIMOS PARA O LONGO CAMINHO E O QUE LEVAMOS EM NOSSO CORAÇÃO..."

 

Postado em 11 / 07 / 2012

 


FELIZ DIA DOS PAIS!

EM 12 - 8 - 2012

PAI, neste dia, receba de sua filhas, genros, netos e esposa,  a nossa pequena homenagem e o nosso MUITO OBRIGADO.

Queremos dizer o quanto nôs te amamos, e que estamos juntos nesta jornada em Mineiros.

Nada em sua vida foi conquistado com facilidade, não ê mesmo Pai.

Saiba, que vocë ê o nosso exemplo, nossa inspiraração, o nosso Pai Heroi, o nosso Campeão.

Vocë Pai, nos ensinou nos momentos dificis, renovar as forças segurando nas mãos de Deus para seguir o caminho.

Pai, vocë sempre nos faz sorrir, quando na verdade gostarîamos mesmo de chorar. 

Pai, vocë sempre foi o grande amigo e conselheiro nos momentos certo.

Pai, vocë nos ensinou a confiar sempre na JustIça de Deus, ele sempre reserva o melhor para nôs.

A você Pai, que nos ensinou a viver a vida com dignidade, não bastaria um obrigado. A você, que iluminou os caminhos obscuros com afeto e dedicação para que trilhássemos sem medo e cheios de esperanças, não bastaria um muito obrigado.

A você Pai, que se doou inteiro e renunciou a sua juventude, para viver o futebol e a sua famîlia, e assim nôs pudéssemos realizar os nossos sonhos. Pela longa espera e compreensão durante longas viagens, não bastaria um muitíssimo obrigado. 

Louvamos e agradecemos a Deus, nosso PAI maior por sua vida.

Vocë Pai, ê muito especial para nôs.

Oramos a Deus, que envie anjos para guardâ-lo e protegë-lo de toda maldade humana.

A você Pai, que por natureza, por opção e por AMOR, não bastaria dizer, que não temos palavras para agradecer tudo isso.

Mas é o que nos acontece agora, quando procuramos arduamente uma forma verbal de exprimir uma emoção ímpar.

Uma emoção que jamais seria traduzida por palavras ou pelo dicionârio inteiro.
Amamos você!

 

FAMÎLIA MENDES

 

 

"Que Deus nos dê coragem para aceitar as coisas que não podemos mudar, coragem para mudar o que pudermos e sabedoria para distinguir uma coisa da outra sempre..."

 


 

 

ARQUIVO DE FAMILIA: MEUS PAIS E IRMÃOS

PEDRO MENDES NO SERVIÇO MILITAR

SOLDADO RAMOS - 1591

1º BATALHÃO DE POLICIA DO EXERCÍTO - TIJUCA

MENSAGEM AOS FILHOS E A SEUS PAIS

 

Meu último presente ao meu Pai

 

 


Dia dos Pais é um dia especial na vida de todos nós. Dia de dar e receber presentes, beijos, abraços e expressões de afeto.


Lembro-me, perfeitamente, do último presente dado ao meu pai. Naquele 13 de agosto de 1995, com meu pai internado em um hospital, em estado quase terminal, perguntei a mim mesmo:


Que presente darei ao meu velho? Um pijama, uma sandália?

Não tinha opções. Meu pai já não podia mais levantar da cama, vitimado pelo câncer. Confesso que fiquei angustiado com a situação.


Com o coração pesado, me dirigi para o hospital sem nenhum embrulho nas mãos. Sabia que aquele era o último Dia dos Pais que passaria com ele.

 

Entrei no quarto, um tanto quanto triste, e vi aquele semblante já bastante abatido, cansado pelas lutas com a doença que consumia seus ossos.

Mas logo pude perceber qual poderia ser o meu último presente. Sua barba, ainda por fazer, era uma oportunidade perfeita para expressar o meu afeto naquele dia especial. Com carinho, comecei a fazer-lhe a barba. Cada ato era um presente que lhe oferecia. Eu já estava acostumado com aquilo, mas aquele dia foi diferente. Depois de terminado, passei a loção, enxuguei o seu rosto e beijei sua face, e falei que aquele dia era o Dia dos Pais.

 

Treze dias depois, meu pai veio a falecer.

Passados quase dois anos, aquele gesto me faz pensar que foi o presente mais significativo que dei ao meu pai. Nunca esquecerei daquela tarde, naquele quarto de hospital. O meu último presente não teve um embrulho especial, não foi comprado em um shopping, não paguei nada por ele. Aquele foi um presente do coração, da alma.


Às vezes, os melhores presentes não custam nada. Apenas um gesto de amor, um abraço gostoso, uma palavra de carinho, um silêncio solidário, um olhar de ternura, um elogio sincero. São presentes que nascem em um coração que ama.


No Dia os Pais, procure esses presentes que estão escondidos no fundo do seu coração. Procure presentear o seu pai com perdão, sua aceitação (nossos pais não são perfeitos!), com um abraço, uma declaração de amor, uma palavra de gratidão.

 

Tenho a certeza que o seu pai vai gostar, mas você será o maior beneficiado. Você se tornará mais gente, mais humano, mais parecido com Cristo. Ele, que através de gestos de amor, toques de bondade, evidências claras de humildade, soube conquistar corações.


A você, que é papai, nossos parabéns! Que você valorize mais esses presentes.


A você, filho, desejo que tenha muitos "Dia dos Pais" e que cada um destes dias, bem como os demais, sejam uma eterna e doce recordação, independente das circunstâncias.


Autor: Gilson Bifano

Postado: Em 08 /08 /2010


Fonte: Redação do Site

Postado às 10:00 de 22/03/2012

 

 

Morre o grande goleiro Bellot do São Cristovão

 

 

 

 

 

 

 

Bellot deixará saudades ao clube que defendia (Carlos Júnior/FutRio)

Bellot deixará saudades (Carlos Júnior/FutRio)

 

 

Nesta manhã, de sexta-feira fui surpreendido por uma notícia que deixou muito triste, Meu Amigo e Irmão em Cristo BELLOT, companheiro de trabalho ate semana passada, havia nos deixado! Ele foi vítima de um infarto fulminante, um dia depois de completar 25 anos de casamento.

BELLOT, era um profissional dedicado, tinha 20 anos de profissão, faleceu onde foi sua maior paixão, o Campo de Futebol, onde como homem teve seus sonhos e projetos ideliazados, alguns realizados e outros ainda a serem realizados. 

 BELLOT, deixa saudades a todos que tiveram a oportunidade de conhecê-lo e respeitá-lo e trabalhar ao seu lado. Tive duas oportunidades de trabalhar com Bellot, uma ainda nos gramados do Futebol Goiano, quando eramos atletas. Agora, estavamos trabalhando juntos no Futebol Carioca.

Na segunda feira, após a minha saída do São Cristovào, liguei para o BELLOT, ele era o meu Treinador de Goleiros.

AgradecI, toda sua ajuda, enquanto estive no cargo de Treinador do São Cristovão e conversamos muito sobre nossa profissão, e a possibilidade de trabalharmos novamente juntos em outro clube. 

Fica o Amigo na lembrança, a sua chegada pela manhã no clube sempre bem disposto, as suas corridas em volta do campo, querendo me levar junto para dar aquelas voltinhas tradicionais antes do treino. Ele ainda, encontrava disposição para Academia do Clube.

E, por toda essa força, que você nos proporcionou dia a dia, peço a Deus que te receba nos braços e te dê muita luz e muita paz.

VOCÊ MERECE COMPANHEIRO!


A Família PEDRO MENDES, presta sua HOMENAGEM E CONDOLÊNCIAS A FAMÍLIA DO AMIGO BELLOT, e ao Clube São Cristovão pela grande perda!